DEVANEIOS E SANDICES
 

O calor que me acomete é tamanho

e tão profundo

que um poço inteiro poderia beber.

 

Mas, apenas o doce mel

que de seus lábios escorre,

aplacaria tamanha sede,

leve sabor de saudade...

 

Do que ainda não sentimos,

ainda não tivemos,

do que ainda não bebemos juntos

celebrando a lucidez na confusão dos sentidos

 

Seu olho seta certeira,

o corpo nu de pudores

embalando-me

como o vento embala a palmeira

 Mennah

 

 



Escrito por La Ginger às 11h18
[] [envie esta mensagem] []


 
  [ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]  
 
 



Meu perfil
BRASIL, Mulher



HISTÓRICO



OUTROS SITES
 Borboletas a caminho
 Poetriz
 eu leio
 mulheresimpossiveis
 descontrolada
 doces deletérios
 olhares
 flickr
 meu livro online
 LUA
 Eu Linko" target="_blank">Eu Linko
 casa da Nana
 Contos
 papo de mulher
 Razão Gulosa
 casa 101
 Ducatti photos
 tatiane
 mvsmotta
 enfoque
 Marcio Ezequiel
 Little
 Biasus fotos
 Nadia
 Gui


VOTAÇÃO
 Dê uma nota para meu blog!